Fogo

O vento é cortante e disperso.
A água, turva e estagnada.
A terra, dura e seca.
Só o fogo me é afim –
não aquele que a Lua Cheia,
qual espelho, re-flecte,
mas o fogo novo
em que a Lua Nova
anela.

Ibn Bassam,
incluo-me entre os que jamais tomaram
a Lua Cheia
por Lua Nova.

Lua Cheia –
e o Inverno estelar
dá a cara.

A lua é mentirosa:
o Crescente é que é Minguante;
a Nova é que é Cheia.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s