Tartufo

Não entendo como é que um tipo que escreve o que escreve sobre o implexo de Valéry em Marges de la Philosophie, não consegue compreender a implicação de Deleuze… É uma tirada humorística? Está a fingir-se de estúpido para rebaixar um projecto alheio? Não é, de todo, inocente -, a começar, pela linguagem de tribunal. Ah, mas é um tribunal onde se representa. É teatro. O hipócrita nasceu no palco, interpretando.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s