Elegância

«There is already an elegance that consists in perceiving what elegance is. Otherwise, there are people who miss it entirely and what they call elegance is not at all elegant.»

Deleuze, Abécédaire.

No passado recente, um interlocutor apelidou-me de “deselegante”, ao que parece, indiferente à própria deselegância de censurar assim uma pessoa que acabara de conhecer.

Caso se referisse a aspectos externos, até poderia conceder, já que efectivamente costumo secundarizar o culto do aprumo e do modelismo sociais, embora não nessa ocasião formal. Noutros momentos, pratico-o deliberadamente como técnica de filtragem: pessoas que medem outras pelo costume (no duplo sentido da palavra) costumam ser, mais do que frívolas, padronizadoras.

Mas não, a palavra “deselegante” foi usada para reprovar, não uma forma, mas um acto, um acto de autonomia da minha parte. No fundo, creio que o que ele queria dizer era “independente”, mas, como tais termos revelariam demasiado o seu estatuto senhorial e a minha suposta submissão a todo e qualquer capricho do senhor, recorreu a um léxico mais equívoco.

Saberá o que é “elegância”? Duvido. Mas, de certo modo, pode dizer-se que cometi a deselegância de o ter contactado em primeiro lugar. Foi uma má escolha, em que persisti por um tempo e à falta de alternativa melhor, embora já estivesse de sobreaviso.

Ao fim e ao cabo, “elegância” é saber eleger. Trata-se de um processo que começa por saber “ler” (legere) e depois “eleger” (e-legere), não só o “elegível”, como o “int-elegível”, e, após selecção, chegar ao “eleito” e ao “int-electo”.

Elejo (serei mesmo eu?), constantemente o acaso força-me (e com que força!) a eleger, aquilo que mais se afasta dos meus critérios de elegibilidade, como se estivesse destinada a arruinar qualquer tipo de concepção prévia.

E a ideia com que fico de mim mesma é a da água que incessantemente se dirime nas escarpas da falésia e que, de novo, se ergue, sempre renovada, sempre desfeita… com a elegância, e logo deselegância, de uma maré viva.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s