Uns e zeros

A luz que se decompõe em uns e zeros, gémeos na sua sombra caricatural. E, no um, há ainda um pouco de zero (caracóis, olhos abertos), e, no zero, há ainda um pouco de um (cabelo liso, olhos semicerrados) – a recta e a curva estritamente complementares:

Auto-retrato de Almada Negreiros com Sarah Afonso, desenho sobre papel vegetal do filme “O naufrágio da Ínsua” (1934).

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s